PROBLEMA SEMELHANTE AO DE OUTROS PLANETAS - 120ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

PDF por Nova Ordem de Jesus. 09/05/2016 - 13 min leitura
#novaordemdejesus #livro #novaordem

Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 1-8-1971
Rio de Janeiro - Brasil

 

PROBLEMA SEMELHANTE AO DE OUTROS PLANETAS - MILHÕES DE ALMAS EM FIM DE APRENDIZADO - AS ALMAS REFRATÁRIAS AOS CONSELHOS DO SENHOR IRÃO MEDITAR LONGAMENTE NO ALÉM - VALOR DO PENSA­MENTO POSITIVO.

 

O QUE ESTÁ ACONTECENDO no mundo terreno já tem acontecido em outros planetas deste mesmo sistema, e há de acontecer em todos os demais, pela  necessidade, de se ajustar à superfície às condições de vida de suas popu­lações.  A Terra como os demais planetas, possui áreas gran­demente extensas em todos os quadrantes, até agora de nenhu­ma utilidade para a população, por não se prestarem ao cultivo de alimentos; agora porém, com o crescimento da população, essas áreas tornaram-se necessárias e serão transforma­das em planícies cultiváveis. Para isso foram elaborados os planos necessários no mundo espiritual, para execução precisamente a partir deste fim de século; os quais deve­rão operar as modificações necessárias na superfície ter­rena, com a finalidade de colocar à disposição do homem as extensões de terreno até agora improdutivas.

Acontecimentos semelhantes tem ocorrido em diver­sos outros planetas com objetivo idêntico, em face do cres­cimento das populações em todos eles. O número de almas vindas de planetas inferiores vem crescendo constantemente no mundo espiritual, tanto no ciclo terreno como no ci­clo dos demais planetas do vosso sistema solar, e todas es­sas almas necessitam de tomar corpos físicos para se desenvolverem e aprimorarem. E como a capacidade alimentar se encontra praticamente esgotada em quase todos os pla­netas habitados, a solução encontrada e a que está sendo operada na Terra com a demolição das elevações montanho­sas  inúteis, transformando-as em planícies cultiváveis. O trabalho em execução presentemente na superfície terrena deverá prepará-la para uma vivência de mais de vinte mil anos, para servir às novas gerações que deverão habitar a Terra nesse período.

Calculam as Forças Superiores que o período acima poderá desenvolver e aprimorar espiritualmente de dez a quinze gerações de almas que deverão reencarnar na Ter­ra, sendo uma grande parte das que ora estagiam no mun­do espiritual, e outra parte das que vem ingressando no planeta, procedentes de escolas inferiores a esta. O Senhor Jesus está empenhado, por isso, em promover o desenvol­vimento final das almas que se encontram na Terra neste fim de século, para que regressem ao mundo espiritual na situação dos alunos que concluíram o curso na Universida­de. Mas o Senhor Jesus alimenta ainda um outro desejo: é poder utilizar as almas que concluíram seu  aprendizado na Terra neste fim de século, para as utilizar proximamente como emissários  Seus junto às almas encarnadas na missão de Guias e Protetores. Para conseguir esse objetivo foi que o Senhor decidiu  instalar-se no solo terreno onde se encon­tra, onde está ditando estas Mensagens de amor e fraterni­dade a todos os seres humanos. Sente o Senhor Jesus que falta certa motivação a muitas almas encarnadas para se esforçarem no sentido do seu aprimoramento moral em sua presente encarnação. O Senhor Jesus deseja dizer então a essas almas, que se esforcem em adquirir os conhecimen­tos espirituais que puderem nestes anos finais do século, para que o Senhor possa contar com todas elas na formação que tem em vista realizar no Alto, de um núcleo de almas altamente evoluídas para o desempenho de luminosas tare­fas do serviço divino.

Com esta motivação deseja o  Senhor Jesus despertar nas almas encarnadas mais vividas, aquele sentimento tra­zido do Alto ao descerem a este plano físico, o que na gran­de maioria das almas encarnadas na primeira metade deste século, e bem assim daquelas que reencarnaram na última década do século passado, era  de se esmerarem de tal maneira em sua vivência terrena, que pudessem alcançar a redenção espiritual. É este sentimento que o Senhor deseja despertar em todas estas almas encarnadas até aos dias fi­nais do século, para que possam regressar ao mundo es­piritual aureoladas com o belo diadema característico das almas redimidas. Bem sabe o Senhor que esta  Sua  lingua­gem há de parecer inteiramente nova para uma grande maioria de leitores, mas não o é absolutamente. Esta lin­guagem é bastante conhecida de todas as almas que se en­contram  na Terra, porque ouvida  muitas vezes por todas elas dos seus mentores espirituais ao se prepararem para descer ao solo terreno. Acrescentará o Senhor Jesus que nenhuma alma desceu ao solo terreno desde o início do sé­culo, que não tivesse freqüentado cursos de formação espi­ritual  preparatórios de sua vivência terrena, cujos ensina­mentos se encontram acumulados em sua memória espi­ritual. O meio de cada alma encarnada poder recordar aqueles ensinamentos, é fácil de usar, porque consiste sim­plesmente do ato de meditação aconselhado pelo Senhor Je­sus no momento de deitarem. O estado de meditação em que o Espírito penetra os próprios arquivos espirituais, é o melhor  meio de cada ser humano poder  recordar quanto possa ajudá-lo na aquisição de quanto necessita para alcan­çar a sua desejada redenção espiritual.

Acredita o Senhor Jesus que restará um número limi­tado de almas que se mostrarão refratárias aos ensinamen­tos do Senhor, no que estarão no uso de seu pleno direito, uma vez que a evolução espiritual de cada alma tem de ser espontânea e livremente exercida. Às almas que assim pen­sarem, o Senhor deseja deixar aqui um apelo e uma adver­tência. O apelo é no sentido de que reflitam bem antes de recusarem os ensinamentos e recomendações do Senhor, trazidas a Terra na undécima hora, por assim dizer. Se estas almas se sentem fortemente ligadas a hábitos e pro­cedimentos dos quais não conseguem libertar-se, ainda as­sim o Senhor lhes diz que a prece e a meditação noturna muito poderão ajudá-las a se libertarem.

Em seguida a advertência do Senhor. Esta é que, ven­cido este momento histórico da população terrena, as al­mas que persistirem na recusa de se modificarem para seguir os conselhos e ensinamentos do Senhor, como não podem permanecer indefinidamente na Terra, irão ocupar  no Além o plano destinado às almas que se desinteressarem do próprio progresso espiritual, e lá permanecerão durante séculos sem  fim, até que um novo e puro sentimento possa germinar nos seus corações. O Senhor Jesus muito lamen­tará que isto venha a acontecer às almas refratárias do mo­mento, mas não está apenas na vontade do Senhor que elas se modifiquem. É imprescindível que nasça no íntimo de cada alma o sentimento do próprio progresso espiritual, para que possam alcançá-lo. O recurso à oração sincera seguida de alguns minutos de meditação, é o meio pelo qual numerosas almas conseguiram vencer poderosos laços fluídicos que as prendiam à materialidade, e alcançar a estra­da luminosa do seu aprimoramento. O Senhor Jesus colo­ca-se à inteira disposição de quantos seres humanos neces­sitarem da Sua  ajuda para ingressar decididamente no ca­minho da espiritualidade, sendo para isso bastante chamar pelo Senhor no momento da oração. Aqueles que assim pro­cederem, podem ter de antemão a plena certeza de que o Senhor Jesus estará presente e os ajudará nos seus justos objetivos. Espera assim o Senhor poder contar também com as almas refratárias de hoje, para o serviço divino de amanhã.

Em seguida o Senhor Jesus deseja ministrar um en­sinamento a mais, para ajudar os leitores de Suas  Mensa­gens em sua vivência terrena sob os auspícios das Forças Superiores. Este ensinamento deve contribuir para que os leitores se habituem a emitir pensamentos positivos em fa­vor de suas íntimas e justas aspirações.  Sabendo-se ser o pensamento a base de todas as  realizações materiais, é da maior conveniência que todos os seres humanos aprendam e se habituem a usar o pensamento como base e fator de suas realizações. Já foi dito na Terra e é verdade, ser o pensamento uma força mais poderosa que a dinamite. Ape­nas se torna necessário saber  usar esta força poderosa em favor das realizações humanas. Há então que procurar usar esta força imponderável sempre que um ser  humano deseje empreender uma realização justa e razoável, isto é que não possa prejudicar a ninguém. Como proceder então? -hão de desejar saber os leitores. O Senhor Jesus esclarece que para usar o pensamento de maneira  positiva, deve o ser humano estabelecer, primeiro o seu objetivo e passar a mentalizá-lo, dando-lhe os contornos de uma pintura. Es­tabelecida esta, passe o ser humano a alimentá-la diaria­mente dedicando-lhe os minutos que puder, na convicção de estar projetando fluído mental à sua pintura, a qual se  tor­nará cada dia mais nítida na sua mente. Esta e a fase da mentalização do seu objetivo. Com a continuação do pro­cesso em que o pensamento projeta novo fluído a imagem criada pelo pensamento, a pintura se adensa e rompe a resis­tência do plano em que tiver sido construída, e se projeta  no plano físico ao alcance ou presença de quem a idealizou. O fato acontecerá então de várias maneiras. Se tratar de uma  melhoria de colocação o objetivo idealizado, o idealizador terá a satisfação de ver-se convidado ao emprego mentalizado, vendo com isso realizada a sua aspiração. Mas pode tratar-se também da aquisição de algo desejado pelo ser humano, uma resistência própria, por exemplo, e esse objeto virá ao encontro de quem o idealizou, sempre em condições ao seu alcance. Esses fatos tem-se verificado aos milha­res em todos os tempos, desde que a força do pensamento foi  descoberta e posta a serviço do conforto ou das neces­sidades dos seres humanos. O essencial  nesses casos é que a imagem não seja abandonada pelo seu idealizador, para que a mesma se positive. E isto sempre tem acontecido até hoje.

 

O pensamento é à base de todas as realizações materiais — pense positivamente.

Na meditação, após a oração ardorosa, rompereis os laços que vos prendem à materialidade.

O Senhor Jesus ajuda aos que desejam ingressar no caminho da espiritua­lidade — basta chamá-lo no momento da oração.

Continuai empenhados no CONHECIMENTO ESPIRITUAL - somente os interessados se embriagarão com a SABEDORIA DIVINA!

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus. Agradecemos pela leitura e ficaremos muito felizes se o seu desejo for o de compartilhar a mensagem com seus amigos e familiares.

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Mais de Nova Ordem de Jesus - Mensagens do Livro

CONDIÇÕES AMBIENTES, MAIS FAVORÁVEIS - 141ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 16-10-1971Rio de Janeiro - Brasil   CONDIÇÕES AMBIENTES, MAIS FAVORÁVEIS - CONDEN­SAÇÃO VIBRATÓRIA...
Leia a Mensagem

TUDO É VIBRAÇÃO NO UNIVERSO - 142ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 17-10-1971Rio de Janeiro - Brasil   TUDO É VIBRAÇÃO NO UNIVERSO - HÁ DOIS PLANETAS MAIS NOVOS QUE A TERRA -...
Leia a Mensagem

O SENHOR JESUS ACOMPANHOU OS TRABALHOS PREPARA­TÓRIOS DESDE ALGUNS SÉCULOS - 73ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 20-2-1971Rio de Janeiro - Brasil   O SENHOR JESUS ACOMPANHOU OS TRABALHOS PREPARA­TÓRIOS DESDE ALGUNS SÉCULOS - UM...
Leia a Mensagem

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus.

Compre Impresso
Download PDF

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Nova Ordem de Jesus

(51) 99739-9884   darcidickel@novaordemdejesus.com.br
Rua Ludwig Wagner, 84. Bairro São Paulo.
CEP 95780-000. Montenegro, RS . Brasil.

"A palavra que o Senhor Jesus está difundindo na Terra através destas mensagens, deve ser ouvida e meditada por quantos tiverem a ventura de conhecê-la em sua presente vida terrena." - Apóstolo Thomé