VANTAGENS DO CONTATO COM A DIVINDADE - 130ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

PDF por Nova Ordem de Jesus. 11/05/2016 - 12 min leitura
#novaordemdejesus #livro #novaordem

Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 5-9-1971
Rio de Janeiro - Brasil

 

VANTAGENS DO CONTATO COM A DIVINDADE - DOUTRI­NAS POLÍTICAS CONDENADAS - UM APELO DO SENHOR AOS CHEFES RESPONSÁVEIS - O PRINCÍPIO DA FRATER­NIDADE HUMANA - QUEM FAZ O BEM PARA SI O FAZ.

 

PARA AJUDAR O PROGRESSO espiritual das almas encarnadas, para que todas possam alcançar os objetivos que as trouxeram a Terra após uma espera de mais de um século no mundo espiritual, nada mais eficiente do que o seu contato diário com a Divindade. Este contato propor­ciona a todas as almas encarnadas ou seja a todos os ho­mens e mulheres, a sua iluminação progressiva enquanto na Terra, e uma acentuada clareza nos caminhos que tive­rem de percorrer. Já foi dito pelo Senhor que as luzes de­correntes da prece diária à Divindade incorporam-se definitivamente ao diadema espiritual das almas que oram, e eis aí alcançado o objetivo primordial de sua reencarnação.

O fato de ainda viverem na Terra numerosas almas dadas a prática de atos menos dignos e de outros contrários às leis do amor e da fraternidade, explica-se pela falta do hábito da oração á Divindade, o que é deveras lamentável pelas conseqüências que acarreta a todas essas almas. To­das as almas que se encontram encarnadas no solo terreno juraram no mundo espiritual fazer da sua encarnação uma fonte de luminosidade para o seu engrandecimento espiri­tual de que tanto carecem. Aquelas, porém, que se desvia­ram deste objetivo, seduzidas por sugestões de ordem po­lítica vindas de ambientes estranhos, e entraram a prati­car atos que as boas normas condenam e que as leis espirituais terão de punir com a vivência de encarnações bastante sofridas, ou com a sua transferência a mundos inferiores, essas almas ainda poderão reconciliar-se consigo mes­mas, fazendo inicialmente um alto em suas atividades con­denáveis, e voltando-se imediatamente para a Divindade. As doutrinas políticas trazidas ao mundo neste século com vistas à reforma pela força de quanto a tradição de ordem e progresso estabeleceu na Terra desde séculos, estão condenadas ao fracasso mais completo, dada a falta de con­teúdo espiritual em seus objetivos. Os homens e as mulhe­res que se deixarem empolgar por semelhantes doutrinas, muitos deles já possuidores de certa evolução, devem me­ditar seriamente no assunto, chegando finalmente a conclu­são de que se encontram trilhando um caminho errado que os levará ao abismo. As Forças Superiores que superin­tendem a vida de todos os povos deste plano físico estão atentas às atividades das criaturas que optaram pela sub­versão da ordem, cometendo, em conseqüência, as mais violentas infrações as leis divinas com a prática do roubo e do assassínio, e não permitirão jamais o triunfo de tão con­denável processo.

O Senhor Jesus, empenhado em afastar do abismo certo as milhares de criaturas humanas entregues a práti­ca dos atos verificados por toda parte contra a sociedade  humana, faz aqui um apelo aos chefes responsáveis pela direção dessas correntes políticas para que cessem de pronto suas atividades contra a paz, a segurança e a vida das pes­soas e se decidam a mudar o rumo enquanto é tempo, para poderem permanecer no ciclo espiritual da Terra. O não aten­dimento ao apelo do Senhor Jesus poderá importar na transferência dessas almas a um planeta bastante inferior a este, onde a vida ainda se caracteriza por um a constante de lutas e sofrimento. Sabe o Senhor Jesus que algumas almas valo­rosas se encontram integradas nas atividades ditas subver­sivas, quando outros foram os objetivos que as trouxeram a Terra. Efetivamente, entre elas se encontram algumas já possuidoras de certa elevação espiritual adquirida em várias encarnações pretéritas, assim como outras que trou­xeram do Alto interessantes projetos de descobertas e me­lhoramentos para a vida terrena. É pena, por conseguinte, que se deixassem empolgar pelas idéias que adotaram, mas em pura perda, por contrárias às leis do amor e da frater­nidade, conforme ficou dito acima.

Para conseguir demover de tão lamentáveis propósi­tos as almas em referência, o Senhor Jesus tem conversa­do com numerosas delas durante o sono do corpo, no seu grande desejo de reintegrá-las na sociedade da qual se mar­ginalizaram, a fim de poderem cumprir quanto prometeram no Alto às Forças Superiores. E o Senhor Jesus alimenta fundadas esperanças de alcançar o seu objetivo, salvando da transmigração espiritual este punhado de almas transviadas da sua verdadeira finalidade. Deseja o Senhor Jesus dizer então a essas almas que nada ainda está perdido para o seu progresso espiritual na presente encarnação, se, após me­ditarem seriamente nestas palavras do Senhor, resolverem penitenciar-se perante os homens de seus atos mal pensa­dos, e solicitarem o reingresso na sociedade. Assim pro­cedendo poderão contar com o apoio e a benevolência do Se­nhor Jesus, desejoso de ainda poder contar com a sua co­laboração no progresso terreno.

Isto posto, o Senhor Jesus abordará um tema dos mais interessantes e úteis a todas as almas que se encon­tram mais uma vez cursando esta escola terrena. Refere-se o Senhor à necessidade e conveniência de todos os ho­mens e mulheres adotarem o princípio da fraternidade em suas relações, reconhecendo como seus irmãos todas as de­mais pessoas, porque realmente o são, porque  filhas do mes­mo Pai Celestial. Adotando este princípio espiritual em seus contatos sociais, bem farão em emitir um pensamento de amor e fraternidade no início de sua conversação, pensa­mento que se integrará no pensamento da outra pessoa e nela imprimirá uma melhor disposição em favor dos as­suntos tratados. Por outras palavras: criar-se-á uma dis­posição de boa vontade nas pessoas com as quais se houver de tratar. Uma vez esta prática generalizada, difundido es­tará com ela o princípio da fraternidade humana cujo po­der eliminará em muitas mentes os grandes  inimigos  do homem, que são o ódio, a inveja e a malquerença, que tan­tas vítimas fizeram no passado. Embora não o pareça, a emissão de uma vibração de amor e fraternidade entre as almas encarnadas equivalerá ao lançamento à terra das mais delicadas sementes que hão de germinar e frutificar a seu tempo.

O Senhor Jesus deseja esclarecer a propósito que to­do o progresso que se for positivando na vida terrena terá sempre a  sua  fonte localizada nas almas aqui encarnadas. O mundo espiritual só pode influir  no progresso terreno através da inspiração projetada  sobre os corações humanos  preparados para a  receberem. De posse da inspiração oriunda do mundo espiritual, é que os seres humanos agem e conseguem implantar o progresso nos setores de suas atividades. Se, por conseguinte, os seres humanos, de pos­se da recomendação do Senhor passarem a irradiar pensa­mentos de amor e fraternidade aos seus semelhantes, po­dem estar certos de estarem contribuindo eficazmente pa­ra a exterminação dos pensamentos de ódio, inveja, mal­querença e de outros que tais das mentes humanas. Ao fim de algum tempo todos os seres humanos entrarão a viver numa faixa de tranqüilidade, harmonia e fraternidade, que serão os frutos daquela sementinha lançada a terra por eles próprios ou pelos seus antepassados. Esta será a ma­neira pela qual a vivência das almas na Terra deixará de registrar o grande número de maldades que marcaram os séculos decorridos com graves prejuízos morais  para as criaturas humanas. E como quem semeia colhe a seu tempo, a emissão de pensamentos de amor e fraternidade a partir de agora, há de beneficiar para o futuro a todas as almas que assim procederem.

Com o advento do século XXI da era cristã, há ne­cessidade de eliminar do ambiente terreno, e também dos costumes e hábitos humanos, um grande número de práti­cas que muito tem retardado o progresso coletivo. O Senhor Jesus deixou na Terra há  dois mil anos, para o bem de toda a humanidade, o ensinamento de que só o amor constrói para a eternidade. E de fato assim é, hoje e em todos os tempos. Toda a construção de ordem  moral  baseada no amor há de frutificar abundantemente como tem frutificado até hoje. Certo é que o mundo daquela época não estava ainda prepa­rado para recolher a bela semente lançada pelo Senhor  Je­sus, e apenas um número bastante reduzido de almas sou­be aproveitá-la. Hoje, entretanto, dois mil anos decorri­dos, contando a população deste século nada menos de oito a dez encarnações a mais do que naquele tempo, e tendo-se despojado de um bom número de imperfeições à custa de sofrimentos sem conta, é tempo de todas as almas encar­nadas se firmarem no bom princípio do amor e da fraternidade, empenhando-se por sua vez em implantar na socie­dade humana de seus dias, aquele sábio principio que há de irmanar todas as almas: o amor e a fraternidade. É mais do que certa a afirmativa multimilenar de que quem faz o  bem para si o faz. A recíproca também é verdadeira. As­sim pois, todas as almas que se esforçarem em emitir  vibrações de amor e fraternidade para as suas semelhantes, hão de surpreender-se algum dia ao registrarem fatos pas­sados consigo que só mesmo por milagre - dirão - pode­riam acontecer. O milagre verificado em tais casos é per­feitamente explicável em face da lei da retribuição. Emi­tindo constantemente vibrações de amor e fraternidade para os seus semelhantes, essas vibrações também se acumulam no seu coração como poderoso elemento de amor e proteção para si próprias em determinado momento. O mi­lagre tantas vezes verificado com as almas encarnadas tem a sua explicação no bem que tiverem feito ou desejado a outrem, através de suas vibrações de amor e fraternidade. Apenas se cumpre nesses eventos, a lei espiritual das retribuições.

 

A emissão de vibrações de amor e fraternidade são sementes que fruti­ficarão a seu tempo.

Afaste-se dos que optam pela subversão da ordem.

Na meditação, após as orações fervorosas, alcançareis o objetivo primor­dial da vossa reencarnação. Para saber sua missão leia também a Mens. 126.

As vantagens do contato com a Divindade, pela prece, são inumeráveis.

NÃO PODEMOS ABDICAR DA NOSSA PRÓPRIA LUZ, menosprezando os luminosos conselhos.

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus. Agradecemos pela leitura e ficaremos muito felizes se o seu desejo for o de compartilhar a mensagem com seus amigos e familiares.

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Mais de Nova Ordem de Jesus - Mensagens do Livro

A TERRA SE TRANSFORMARÁ NUM ESTÁGIO AGRADÁ­VEL - 136ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 26-9-1971Rio de Janeiro - Brasil   A TERRA SE TRANSFORMARÁ NUM ESTÁGIO AGRADÁ­VEL - LIMPEZA ESPIRITUAL NO SOLO TERRENO -...
Leia a Mensagem

CONDIÇÕES AMBIENTES, MAIS FAVORÁVEIS - 141ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 16-10-1971Rio de Janeiro - Brasil   CONDIÇÕES AMBIENTES, MAIS FAVORÁVEIS - CONDEN­SAÇÃO VIBRATÓRIA...
Leia a Mensagem

PERÍODO EVOLUTIVO DE UMA GERAÇÃO - 116ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 18-7-1971Rio de Janeiro - Brasil   PERÍODO EVOLUTIVO DE UMA GERAÇÃO - O QUE FALTA À GERAÇÃO...
Leia a Mensagem

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus.

Compre Impresso
Download PDF

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Nova Ordem de Jesus

(51) 99739-9884   darcidickel@novaordemdejesus.com.br
Rua Ludwig Wagner, 84. Bairro São Paulo.
CEP 95780-000. Montenegro, RS . Brasil.

"A palavra que o Senhor Jesus está difundindo na Terra através destas mensagens, deve ser ouvida e meditada por quantos tiverem a ventura de conhecê-la em sua presente vida terrena." - Apóstolo Thomé