O SENHOR FALA DAS RELIGIÕES TERRENAS - 25.ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais - Nova Ordem de Jesus

PDF por Nova Ordem de Jesus. 26/02/2016 - 12 min leitura
#novaordemdejesus #livro #novaordem

Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 5-9-1970
Rio de Janeiro - Brasil

O SENHOR FALA DAS RELIGIÕES TERRENAS - O QUE DO AL­TO SE OBSERVA NO CAMPO RELIGIOSO - A VIDA TERRENA APENAS UM ESTÁGIO TEMPORÁRIO - VIRTUDES E POSSIBI­LIDADES IGUAIS AS DO SENHOR - MILHÕES DE MUNDOS EM FORMAÇÃO

NA MENSAGEM DE HOJE o Senhor Jesus deseja falar ao coração de todos os filhos que vivem na Terra, adeptos desta ou daquela religião, todos, porém, Espíritos encarnados em busca de novas luzes espirituais. Bem sabe o Senhor que existem mu­ros entre todas as religiões, por se considerar cada uma a au­têntica representante do pensamento divino na Terra. O Senhor Jesus deseja dizer então aos dirigentes de todas as religiões terrenas, como a cada um dos seus adeptos, que apenas existe um princípio religioso que deve prevalecer em todos os credos e Seitas, que é a fé. Se as religiões terrenas se preocuparem fun­damentalmente em implantarem a fé no coração dos seus adeptos e tiverem conseguido esse objetivo, essas religiões  terão mere­cido a bênção do Pai Celestial e serão dignas do maior respeito dos homens e mulheres. O que do Alto se observa entretanto, no campo religioso do mundo terreno, e com grande tristeza para todos nós, é a preocupação predominante do engrandecimento material através das práticas ditas religiosas. Observamos todos nós a ausência de um ensinamento fundamental nas doutrinas pregadas pela maioria das religiões terrenas, um ensinamento só por si capaz de despertar o interesse das almas encarnadas pela sua religião. Este ensinamento é a afirmação da sobrevi­vência da alma após o seu desligamento do corpo que construiu e habitou, e o seu regresso ao mundo espiritual. É este ensina­mento sobretudo, que é necessário difundir como princípio reli­gioso, capaz de despertar a fé no coração das almas encarnadas. De par com este ensinamento, é preciso dizer a todos os homens e mulheres não ser esta a primeira vez que se encontram na Terra, onde todos já viveram alguns milhares de vezes, tal co­mo agora se encontram. Dizendo as religiões aos seus seguido­res que a vida terrena representa apenas um estágio temporário uma espécie de aprendizado, isto fará despertar nas almas en­carnadas o sentido da necessidade de todas se manterem em contato permanente com a Divindade, por meio da oração e medita­ção diárias. Esta prática executada com sinceridade uma ou mais vezes ao dia, fará, não só despertar o sentimento da fé em seu coração, como ainda se transformará em luz para o seu diadema espiritual.

É necessário e urgente despertar a fé no coração de todos os homens e mulheres por meio do ensinamento religioso da es­piritualidade, a fim de destruir a idéia existente na grande mai­oria das pessoas de todas as classes, de que a vida de cada uma terminara com a morte do corpo. Convencidas desta falsa ver­dade, as pessoas apenas se preocupam em arranjar sua vida presente inteiramente despreocupadas da vida futura, que é a nossa vida verdadeira. Este é um ensinamento a  ser  incluído na doutrina  religiosa das  várias religiões terrenas, antes que seus adeptos as abandonem em favor daquelas que isto fizerem.

O  Senhor  Jesus deseja dizer estas coisas diretamente ao coração das almas encarnadas que tiverem a ventura de ler estas Mensagens, a fim de as despertar  para a vida verdadeira que não é a vida terrena, mas a vida espiritual, que é infinita. É preciso que todas as almas encarnadas se capacitem de que sua estada  na Terra  pode ser interrompida a qualquer momento, segundo a carta-de-vida de cada  uma,  porém a sua vida não termina absolutamente, mas prossegue indefinidamente no mundo espiritual. A melhor prova disto está na própria existência do Senhor  Jesus presentemente em  Serviço divino na Terra, após aqui ter estado em corpo humano um sem número de vezes. Assim como o Se­nhor  vive no mundo espiritual, também  ali vivem muitos milhões de almas que estiveram na Terra em  numerosas oportunidades, como hoje aqui estão os leitores destas Mensagens. Deseja o Se­nhor Jesus declarar a todas as almas presentemente encarnadas que a  lei  reguladora da  Sua vida, é a mesma que rege a vida de todas as almas que se encontram na Terra.

Conhecido o princípio criador de todos os seres desde aquela simples idéia surgida na Mente Divina, todas as almas e todos os demais seres da criação tiveram o mesmo princípio e estão percorrendo a mesma estrada que conduz ao aprimoramento moral. Saibam, pois, as almas encarnadas que a diferen­ça porventura existente entre si e o Senhor Jesus, é apenas de  idade espiritual e nada mais. Cada uma de vós, almas queridas, possui as mesmas virtudes e possibilidades do  Senhor,  apenas  ainda  pouco desenvolvidas mas em  franco progresso.  O  Senhor  Jesus, vindo agora a Terra  em  Espírito, conforme  promessa feita há perto de dois mil anos, deseja implantar no vosso cora­ção a convicção de que um grande e luminoso caminho se abre diante de todas  vós, para a  vossa  maior  felicidade.

Deseja o Senhor Jesus informar ainda a todas as almas en­carnadas, que alguns milhões de novos mundos se encontram em  formação e aperfeiçoamento na  imensidade do  Infinito, mundos  estes que hão de receber a seu tempo uma população de almas que neles hão de encarnar com este duplo objetivo: promover o progresso moral e tecnológico desses mundos novos, e comple­tarem o seu próprio progresso evolutivo. E quem irá habitar esses novos mundos? - podereis querer  indagar. O  Senhor Jesus  responde  antecipadamente que muitas das almas atualmente en­carnadas na Terra estão destinadas a essa tarefa, se para tal se encontrarem preparadas. Muitas destas almas, as que não dese­jarem encarnar em alguns desses novos mundos, poderão cons­tituir o conjunto das chamadas Forças Superiores, incumbidas de dirigir a vida das almas neles encarnadas.

Aí está, almas queridas, uma  idéia  do futuro que a todas aguarda no mundo espiritual, onde o desligamento do corpo de carne que ficou na Terra desperta no coração das almas desen­carnadas os mais belos sentimentos de cooperação com a Divin­dade.

Vedes pelo que aí fica, que a vida que levais no solo terre­no é por assim dizer uma vida vegetativa, porque  inteiramente voltada  para os interesses transitórios da matéria, quando deve­rá ser noventa e nove por cento voltada para os interesses do Espírito, que é tudo em vós. É o Espírito (ou alma encarnada) que  vos  levanta do leito todas  as  manhãs, que vos conduz  ao tra­balho, que cuida da alimentação do corpo, que desperta o vosso  interesse  pelos  fatos da vida, até vos levar novamente ao leito para o repouso noturno. Durante as horas de repouso noturno é que o Espírito passa a ser ele mesmo e se dirige ao mundo que lhe é próprio, em busca de ensinamentos, inspiração e ajuda pa­ra solucionar os problemas porventura existentes em sua vida terrena.  Esta é a vida dos  Espíritos de todas vós, podendo algu­mas  recordar  passagens  vividas em sonhos, mas jamais a atividade desenvolvida pelo Espírito durante a noite. E a propósito convém lembrar a necessidade de que o repouso  noturno não seja inferior a  sete horas, já que o corpo necessita deste período de repouso para refazer as energias despendidas durante o dia em suas atividades. É pois, uma  necessidade que cada  homem ou mulher adote o hábito de dormir de sete a oito horas por dia, a fim de manter o bom estado de saúde de todos os seus órgãos e células.

Voltando ao assunto fé, deseja o Senhor Jesus reafirmar que a fé é uma espécie de bússola em todas as criaturas, a  mos­trar-lhes  em  todos os momentos o caminho certo, aquele que pode ser  por elas  palmilhado com segurança. É comum ouvir-se a  cada  passo alguém dizer que bem  gostaria de ter  fé, mas que in­felizmente não possui este dom. A essas criaturas recomenda o  Senhor o recolhimento à   noite a  local silencioso e lá se dirigirem à Divindade, transmitindo-lhe esse desejo de fé que não possuem. Se o pedido for sincero, se partir realmente do coração, podem estar certas essas criaturas de que a Divindade, dentro de suas possibilidades ilimitadas, fará despertar  a  fé  em  seus  corações, iluminando-os desde então com essa  chama  sagrada  da  fé. Façam isto todos os  homens e mulheres que, conscientes de que não têm fé, desejam  possuí-la, na certeza de que esse divino dom  se  des­pertará  neles, para a sua maior felicidade.

Disse o Senhor  Jesus  certa  vez  que “a  fé  transporta  mon­tanhas”, quando pregava aos homens e mulheres de há dois mil anos.  Sua  afirmativa foi considerada inverídica  em  face do redu­zido  desenvolvimento espiritual  daquela  época. É que as afirma­tivas lançadas pelo  Senhor em  Suas pregações eram elaboradas para perdurar na mente das gerações, e nela despertarem o tra­balho do raciocínio como se fazia  necessário. Daí considerarem os ouvintes do Senhor a impossibilidade do monte obedecer à or­dem humana, ao lhe dizer que se  retirasse de onde estava e se lançasse ao mar.  O fato é que tal afirmativa do  Senhor  produziu o efeito visado, que era lançar a  idéia na mente das gerações pa­ra que cada homem ou mulher  tratasse de resolver esse proble­ma. Muitos  milhares  de criaturas o resolveram, considerando a afirmativa do Senhor Jesus como traduzindo o valor inabalável da fé, ao mandarem a montanha afastar-se do local. A montanha a qual o Senhor se referia, não poderia ser a montanha material, mas a montanha de obstáculos que surge invariavelmente na vida das criaturas, montanhas que parecem barrar o passo aos seres hu­manos. Àqueles que tiverem cultivado o divino dom da fé, ape­lam para Ele e ordenam à montanha que se afaste, que desapare­ça, e ei-la que obedece e se afasta, para o bem e felicidade do ser  humano. Salve, pois, o divino dom da fé;

 

“A FÉ  tanto pode quão grande é e tanto alcança quanto em inten­sidade aumenta.”

“Todas as grandes cousas somente pela FÉ tem sido alcançadas.”

“A fé e a oração encerram em si mesmas uma grande força.”

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus. Agradecemos pela leitura e ficaremos muito felizes se o seu desejo for o de compartilhar a mensagem com seus amigos e familiares.

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Mais de Nova Ordem de Jesus - Mensagens do Livro

MAIS TRÊS BILHÕES DE ALMAS NOVAS A PARTIR DO PRÓ­XIMO SÉCULO - 59ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 2-1-1971Rio de Janeiro - Brasil   MAIS TRÊS BILHÕES DE ALMAS NOVAS A PARTIR DO PRÓ­XIMO SÉCULO - MESES E ANOS QUE...
Leia a Mensagem

O SENTIDO ESPIRITUAL DAS OBRAS TERRENAS - 11.ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais - Nova Ordem de Jesus

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 18-7-1970Rio de Janeiro - Brasil O SENTIDO ESPIRITUAL DAS OBRAS TERRENAS - TODAS AS OBRAS DEVEM TER ALMA - AS LEIS ESPIRITUAIS - O VIA­JANTE E A...
Leia a Mensagem

MOVIMENTO INICIADO HÁ QUATRO SÉCULOS - 129ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 4-9-1971Rio de Janeiro - Brasil   MOVIMENTO INICIADO HÁ QUATRO SÉCULOS - MAIS DE VINTE MIL ALMAS ENVIADAS À SATURNO,...
Leia a Mensagem

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus.

Compre Impresso
Download PDF

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Nova Ordem de Jesus

(51) 99739-9884   darcidickel@novaordemdejesus.com.br
Rua Ludwig Wagner, 84. Bairro São Paulo.
CEP 95780-000. Montenegro, RS . Brasil.

"A palavra que o Senhor Jesus está difundindo na Terra através destas mensagens, deve ser ouvida e meditada por quantos tiverem a ventura de conhecê-la em sua presente vida terrena." - Apóstolo Thomé