DIFICULDADES OPOSTAS À IDÉIA ESPIRITUALISTA - 131ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

PDF por Nova Ordem de Jesus. 11/05/2016 - 13 min leitura
#novaordemdejesus #livro #novaordem

Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 11-9-1971
Rio de Janeiro - Brasil

                                                                                                    

DIFICULDADES OPOSTAS À IDÉIA ESPIRITUALISTA - A CONCESSÃO DA FACULDADE PSICOGRÂFICA - GRANDE PROBLEMA PARA O ALTO - DAS TRÊS ALMAS ENVIA­DAS APENAS UMA FOI APROVEITADA COMO INTERMEDIÁRIA -ABOLIÇÃO DA INDUMENTÁRIA ECLESIÁSTICA.

 

OS CONSELHOS E ENSINAMENTOS que o Senhor Je­sus está difundindo na Terra através destas Mensagens, pode dizer-se que estão atrasados de dois a três séculos, e isto pela dificuldade encontrada no mundo espiritual para descobrir entre as almas encarnadas algumas em condições de poderem servir de intermediárias das Forças Superio­res. Efetivamente, só no século passado se iniciaram as comunicações da Terra com o mundo espiritual, através das quais foi possível difundir entre os seres humanos os primeiros ensinamentos de ordem espiritual. É certo que es­tiveram na Terra várias personalidades espiritualmente de­senvolvidas, cuja missão era captar as vibrações espirituais acerca dos ensinamentos a serem difundidos entre as almas encarnadas visando também ao seu desenvolvimento espiri­tual. Isto, porém, não logrou o êxito desejado pelas Forças Superiores, em face do ambiente impregnado das idéias ma­teriais contrárias à espiritualização da humanidade terrena. Algumas obras, contudo, chegaram a surgir com tal objetivo, escritas por homens impregnados da idéia espiritualista, as quais, entretanto, não atingiram o objetivo, ficando confi­nadas num pequeno círculo de leitores. Estudou-se então no Alto a melhor maneira de trazer ao meio terreno os conselhos e ensinamentos capazes de ajudar o progresso espiritual das almas encarnadas, para que elas possam aproveitar devidamente o seu estágio neste mundo terreno. Do estudo realizado chegou-se à conclusão da  necessidade de conferir certas  aptidões às almas que  reencarnaram pa­ra que pudessem usá-las no sentido de estabelecer  liga­ções eficientes com o mundo espiritual. Uma dessas apti­dões foi a faculdade psicográfica, conferida desde o século passado com maior evidência a várias almas que desceram à Terra armadas do desejo de aqui poderem servir às For­ças Superiores. Verificou-se, porém, que as condições peculiares à vivência das almas na Terra não permitia o desejado êxito a numerosas almas que reencarnaram com a faculdade psicográfica. A umas faltava a preparação indis­pensável para receber e grafar no papel as idéias inspira­das pelo Alto, em face de que muitas desistiram da tarefa. A outras faltou a necessária disposição para o exercício desta faculdade, preocupadas com os seus interesses natu­rais da vida terrena. De maneira que se tornou bastante difícil  iniciar a divulgação de quanto as Forças Superiores desejavam trazer ao conhecimento das almas encarnadas com a finalidade de as ajudar no seu progresso espiritual, objetivo número um da sua vinda à Terra em todas as en­carnações.

Surgiram então no mundo espiritual algumas almas categorizadas que se ofereceram para ajudar a solucionar o grave problema de intermediárias das Forças  Superiores na Terra. Três almas nestas condições baixaram ao solo terreno em fins do século passado e aqui se desenvolveram fisicamente sob a proteção e assistência das  Forças  Supe­riores, com este  grande objetivo: receber a seu tempo, mediunicamente, os conselhos e ensinamentos tão necessá­rios ao progresso da humanidade terrena. Das três almas preparadas no mundo espiritual entretanto, apenas esta que esta servindo ao  Senhor Jesus foi possível aproveitar por­que as demais se perderam  nas dobras dos acontecimentos da vida terrena. Esta, porém, afeiçoada desde a infância ao Senhor Jesus, pode ser conduzida e inspirada pe­las Forças Superiores ao exercício e desenvolvimento de sua faculdade psicográfica, agora utilizada para receber e grafar estas Mensagens do Senhor, inclusive as obras que constituem a Grande Cruzada de Esclarecimento que é a primeira série de obras de conselhos e ensinamentos enviados à Terra pelas Forças Superiores. A partir de agora, por conseguinte, dispõem as almas encarnadas  dos conselhos e ensinamentos do mundo espiritual capazes de ajudá-las a tornar sua presente vilegiatura terrena verda­deiramente útil ao seu progresso evolutivo ou seja a sua grande luminosidade. Isto terá de ser levado em linha de conta no regresso das almas ao mundo espiritual, visto co­mo não mais poderá ser alegado o desconhecimento des­tes conselhos e ensinamentos trazidos à Terra pelo Senhor Jesus e Seus emissários.

O Senhor Jesus deseja deixar aqui um convite e um apelo aos dirigentes das numerosas  religiões terrenas  no sentido de reverem cuidadosamente os respectivos princí­pios, vários deles evidentemente ultrapassados no tempo e no espaço.  Há necessidade de transformar os ensinamentos religiosos  ministrados desde a infância a todas as almas encarnadas, em ensinamentos espirituais destinados a pre­pará-las para a vida espiritual que é a verdadeira vida de todas as almas. É necessário ensinar desde a infância a to­das as almas encarnadas, que sua vinda uma  vez  mais a Terra tem o objetivo principal de adquirirem novas luzes espirituais através da prática de boas obras e do hábito da oração diária à Divindade. Este sentido espiritual deve acompanhar as crianças e os jovens em todos os graus de sua preparação intelectual, para que bem se possam fir­mar na grande verdade da sua origem do mundo espiritual, para onde regressarão ao encerrarem a sua vida terrena. Preparadas desta maneira, as criaturas humanas saberão orientar convenientemente a sua vida na Terra, convictas de que a mesma não vai além de poucos decênios, quando deverão regressar ao seu plano de origem no mundo espiritual. O Senhor Jesus convida os dirigentes das religiões terrenas a meditarem  no que aí fica, para em seguida in­troduzirem nos seus cânones as modificações que a vida terrena de todas as almas está a exigir nesta adiantada  fa­se do progresso espiritual que está sendo implantada na Terra.

O Senhor Jesus está certo de que a Sua palavra será to­mada na devida consideração pelos dirigentes de todas as religiões existentes  na Terra, até como o meio de sobrevivên­cia. Porque, com o esclarecimento das almas encarnadas a partir deste fim de século, somente os ensinamentos que lhes  falarem da vida espiritual poderão despertar sua atenção e  fidelidade às respectivas religiões.

Uma pergunta que poderá surgir na mente de alguns leitores desta  Mensagem, poderá referir-se à existência e continuação dos atuais sacerdotes como  mentores e admi­nistradores dos ensinamentos religiosos do mundo terreno. A esta pergunta imaginária o Senhor Jesus esclarece que algumas modificações estão para  surgir  neste particular, sen­do uma delas a  total  abolição da atual indumentária eclesiástica, justificada nos tempos passados para identificar os sa­cerdotes em meio da população. Hoje em dia, porém, com o progresso adquirido pelas populações terrenas e o seu re­lativo desenvolvimento espiritual, o profissionalismo reli­gioso tende a desaparecer, podendo os eclesiásticos dedi­carem-se ao exercício de uma profissão para se manterem, como homens que são. O ensino religioso será ministrado nos templos por homens devidamente preparados espiritu­almente como o vão exigir em breve os adeptos de todas as religiões, não aceitando jamais que se lhes fale em purga­tório, céu e inferno como até agora. Estão chegando à  Ter­ra desde alguns anos numerosas almas portadoras de cer­ta evolução espiritual, com a missão de contribuírem para as modificações a serem implantadas na base de todas as religiões existentes na Terra. É  necessário que as religiões do futuro se constituam autênticos porta vozes das Forças Superiores no encaminhamento das almas encarnadas na verdadeira senda que devem trilhar em sua vivência terre­na. Entidades evoluídas do mundo espiritual terão oportu­nidade de se apresentar visíveis em alguns templos religio­sos e aí dirigem a sua palavra aos presentes, ministrando-lhes de viva voz  interessantes ensinamentos espirituais. Este fato esperado para muito breve na Terra deverá dar um novo e grande impulso ao desenvolvimento da  fé em to­dos os corações pela luz que virá derramarem todas as al­mas encarnadas, ávidas de novos conhecimentos espiritu­ais. Há necessidade  igualmente, de que as diversas, reli­giões se unam  no mesmo princípio de ordem espiritual de considerarem a vida terrena de cada criatura um estágio a mais no seu aprendizado como aluno desta escola, considerando todos os demais alunos como verdadeiros irmãos em busca dos mesmos objetivos de progresso espiritual. A di­fusão do ensino religioso baseado neste principio terá a virtude de irmanar as almas encarnadas num sentimento de fraternidade tal, que noventa por cento das infrações atuais às leis divinas tendem a desaparecer.

O Senhor Jesus lamenta profundamente o que está acontecendo de grave em certo país da Europa em que duas correntes religiosas que se dizem cristãs se guerreiam sob o fundamento de estar cada uma mais certa do que a outra. Isto é profundamente lamentável no século atual em que a humanidade já venceu dolorosos percalços do passado. O Senhor Jesus só tem uma palavra a dizer a cada uma daquelas correntes religiosas, e é que nenhuma delas pode contar com o Seu apoio para guerrear a outra. Sendo a Doutrina do Senhor Jesus o amor e a fraternidade, como podem aquelas duas correntes religiosas que se dizem cris­tãs, levar a morte e a destruição recíproca, pretendendo fazê-lo em nome do Senhor? Absolutamente, protesta por este meio o Senhor Jesus, fazendo ver aos dirigentes das referidas correntes, que não concede o Seu apoio a nenhu­ma delas, mas antes as convida à paz e à fraternidade se desejarem o apoio do Senhor. Guerra religiosa, absolutamente Amor, Paz e Fraternidade, recomenda o Senhor Jesus.

As guerras ou sérios conflitos traduzem ignorância das leis divinas.

Os religiosos que não estiverem certos da vivência no Além, devem comprová-la com os “olhos e ouvidos espirituais” aclarados nestas Men­sagens.

Saber não é o suficiente! Fique certo de que a vida continua no plano espiritual.

Não caberá a nenhuma Alma encarnada a alegação de ignorar as atividades do plano espiritual, considerando os meios de comunicação em todos os níveis.

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus. Agradecemos pela leitura e ficaremos muito felizes se o seu desejo for o de compartilhar a mensagem com seus amigos e familiares.

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Mais de Nova Ordem de Jesus - Mensagens do Livro

MILHARES DE ALMAS DESENCARNADAS NECESSITADAS DE AJUDA - 87ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 10-4-1971Rio de Janeiro - Brasil   MILHARES DE ALMAS DESENCARNADAS NECESSITADAS DE AJUDA - UMA SUGESTÃO DO SENHOR A TODOS OS LEITORES - O...
Leia a Mensagem

AJUSTAMENTO DA SUPERFÍCIE TERRENA - 125ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 21-8-1971Rio de Janeiro - Brasil   AJUSTAMENTO DA SUPERFÍCIE TERRENA - ALMAS DE ELEVADO NÍVEL EVOLUTIVO ESTÃO CHEGANDO A...
Leia a Mensagem

CONVITE AOS HOMENS DE BOA VONTADE - 10.ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais - Nova Ordem de Jesus

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 12-7-1970Rio de Janeiro - Brasil CONVITE AOS HOMENS DE BOA VONTADE - O SERVIÇO DIVI­NO NA TERRA - O CÉU VERDADEIRO - CARAVANAS ...
Leia a Mensagem

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus.

Compre Impresso
Download PDF

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Nova Ordem de Jesus

(54) 3461-2412   darcidickel@novaordemdejesus.com.br
Rua Valter Jobim, 282. Bairro Planalto.
CEP 95185-000. Carlos Barbosa, RS. Brasil.

"A palavra que o Senhor Jesus está difundindo na Terra através destas mensagens, deve ser ouvida e meditada por quantos tiverem a ventura de conhecê-la em sua presente vida terrena." - Apóstolo Thomé