A PRESERVAÇÃO DA PAZ NO MUNDO - 41ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais - Nova Ordem de Jesus

PDF por Nova Ordem de Jesus. 30/03/2016 - 13 min leitura
#novaordemdejesus #livro #novaordem

Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 31-10-1970
Rio de Janeiro - Brasil

A PRESERVAÇÃO DA PAZ NO MUNDO - MEDIDAS EXTREMAS SERÃO TOMADAS PELO SENHOR PARA PRESERVÁ-LA - EN­CARNAÇÕES BASTANTE DOLOROSAS TEM AMARGADO OS RESPONSÁVEIS PELOS CONFLITOS ARMADOS DO PASSADO - SÓ A IGNORÂNCIA CONDUZ À GUERRA

O SENHOR JESUS está percorrendo todas as nações da Terra com o propósito de inspirar os dirigentes de cada  uma  de­las  no sentido da construção e preservação da paz em todo o mun­do terreno. O Senhor tem procurado falar ao coração dos  res­ponsáveis pelo governo de todas as nações, lembrando-lhes o compromisso por eles assumido ao descerem a Terra, no sentido de que empenharem pela harmonia e felicidade dos povos que haviam de governar. Este compromisso assumido perante as Forças Superiores decidiu a permissão daquelas Forças para os atuais dirigentes das nações terrenas reencarnarem como tanto desejavam.  Não podem, por conseguinte, estas almas trair dito compromisso levando seus governados a guerra contra outros povos, seus irmãos espirituais perante a  Divindade.

 

È  muito grande o esforço desenvolvido pelo  Senhor  Jesus no  sentido de impedir  novos  conflitos armados na Terra, para que cesse de uma vez esta forma bárbara das nações acertarem suas diferenças políticas. O Senhor Jesus tem chamado a atenção dos governantes do presente para o registro histórico dos  numero­sos conflitos armados do passado milenar verificados na Terra, tendo apontado aos governantes atuais certos quadros decorren­tes daqueles conflitos cujos responsáveis amargaram encarna­ções bastante sofridas como conseqüência de suas deliberações do passado. Muitas almas implicadas na responsabilidade de nu­merosos conflitos armados, após muito padecerem  moralmente no mundo espiritual, rogaram  que  lhes  fossem  concedidas en­carnações de resgate como meio de estancarem seus sofrimentos morais no mundo espiritual. Seus pedidos foram atendidos pelas Forças Superiores, e eis que  na Terra apareceram criaturas portadoras de certos defeitos físicos que elas carregavam mais ou menos resignadas. As leis divinas concedem esse tipo de en­carnações as almas sobrecarregadas de faltas praticadas  na Ter­ra contra os seus semelhantes, cujas conseqüências se acumu­lam sobre elas e lhes retiram toda a tranqüilidade no mundo es­piritual. Somente uma reencarnação em condições excepcionais, e em certos casos mais de uma, é que podem aliviar essas al­mas responsáveis, restituindo-lhes a tranqüilidade de que tanto necessitam.

Mas o Senhor  Jesus deseja estancar de uma vez esse tipo de ajuste entre as nações terrenas, incentivando seus dirigentes para que tratem de ajustar-se com outros governos  por  meios diplomáticos quando possível, ou  pelo recurso as mesas redon­das  onde cada qual  apresentará as suas razões. Guerras é que o Senhor não está disposto a permitir nesta altura da civilização terrena, pelo prejuízo que as mesmas causam aos milhares de almas que nelas se sacrificam  pelo regresso prematuro ao  Es­paço, quando aguardaram mais de um século pela sua presente encarnação. Neste propósito, o  Senhor  Jesus terá de recorrer a medidas extremas, de retirar da Terra, se necessário, as al­mas que persistirem em levar seus povos a guerra contra outras nações. Esta será uma medida que o  Senhor Jesus só adotará em última instância para  impedir  novos conflitos  num  mundo que já se pode dizer civilizado. A ninguém a Divina Providência conce­de poderes na Terra para castigar os semelhantes, dado que to­das as almas encarnadas perseguem os mesmos objetivos de progresso evolutivo.  Poderá algum leitor indagar, por exemplo, o que sucederá a uma nação que seja agredida por outra. A resposta esclarecedora do Senhor Jesus é que, em tal caso a nação agredida contará desde logo com toda a ajuda espiritual no sen­tido de se defender com toda a energia até derrotar a agressora. As Forças Superiores darão seu inteiro apoio à vítima da agres­são, ao mesmo tempo em que tudo farão no sentido do enfraque­cimento dos elementos usados pela nação agressora, dentro da­quele conceito de que Deus está sempre do lado dos mais fracos.

Para tentar esclarecer a mente de todos os governantes é que o Senhor Jesus está percorrendo o solo terreno, estacionan­do quando necessário junto das nações mais poderosas, a fim de falar-lhes ao coração a linguagem da fraternidade e do amor aos semelhantes. Todos sabem de sobra que todas as almas são ir­mãs espirituais e que vieram à Terra com os mesmos objetivos de progresso espiritual. A circunstância de se encontrarem oca­sionalmente vivendo em países diferentes não as diferencia,  por­que  isso tem de ocorrer a todas as almas que vem a Terra: en­carnarem em todas as regiões geográficas a fim de receberem em cada uma delas os conhecimentos e experiências peculiares a cada  região. O fato, pois, de viverem atualmente na  China,  no Japão,  na Norte-América ou na Europa, não eleva nem reduz a categoria espiritual das almas encarnadas, porque apenas re­presenta o cumprimento de suas numerosas etapas evolutivas. E assim sendo, nada justifica que uma nação pretenda jogar seus  filhos contra os filhos de outra nação, com o pretexto de desa­gravar possíveis ofensas ou de engrandecimento do próprio ter­ritório. A Terra não pertence a nenhum dos seus habitantes, já o disse o Senhor, assim como as escolas não pertencem aos alu­nos que as freqüentam. Seria  rematada  loucura que os alunos tentassem apossar-se da escola que freqüentam, ou de outra, porque isso em nada lhes aproveitaria. O homem como a mulher encontram-se transitoriamente na Terra exclusivamente para ad­quirirem conhecimentos e luzes que não podem adquirir no mundo espiritual. Devem por isso encarar os seus contemporâneos co­mo autênticos condiscípulos e nesta condição amá-los como ver­dadeiros irmãos. O fato de se encontrarem ocasionalmente em países diferentes, justifica a necessidade comum de aprenderem o idioma e os costumes dos países onde se encontram, visto co­mo a  sua próxima encarnação terá de ocorrer em país diferente. Isto posto, claro está que nenhum povo tem o direito de prejudi­car de leve que seja a outro povo, constituído de almas perfeita­mente iguais, e suas irmãs perante a Divindade. De onde se con­clui que só o fator ignorância poderá levar os dirigentes ocasio­nais das nações terrenas a conflitarem por questões  materiais que só contribuirão para o seu sofrimento futuro.

Eis aí, caros leitores, os motivos que tem levado o  Senhor Jesus a se deslocar constantemente ao encontro dos dirigentes das diversas  nações a fim de levar-lhes a  Sua  palavra esclare­cedora,  podendo contar nesta altura algumas vitórias alcança­das.  Está certo o  Senhor de poder ampliar essas vitórias que podem  ser designadas vitórias do bem contra o mal. Por que guerrearem os homens contra seus irmãos de outras nações, se as guerras todas do passado não contribuíram  para  a  felicidade de ninguém, tendo, ao contrário, produzido a morte de muitos milhões de homens que as não provocaram? Acaso os dirigentes das nações agressoras  lograram  momentos de  felicidade?  Eles  próprios  poderão responder-vos algum dia no mundo espiritual, ao contar-vos a história de suas dolorosas encarnações poste­riores. Foram encarnações bem tristes as de algumas daquelas almas, mas necessárias para se aliviarem das pesadas conse­qüências recolhidas na situação de reis e imperadores, senho­res absolutos dos seus súditos. Após haverem  resgatado as  fal­tas  morais  do seu passado, e lavado de suas consciências todas as manchas nelas impressas a custa do sangue dos seus governa­dos, muitas destas almas ostentam hoje belos  focos de  luzes nos  seus diademas, o que lhes permite tornarem-se bondosos conse­lheiros de quantos os  procuram no mundo espiritual.

À  medida em que as almas encarnadas se forem voltando para aquela Ponte de Amor que é a  Divindade, e dela receberem as luzes produzidas por suas preces diárias, o mundo terreno estará evoluindo no sentido de uma  harmonia, entendimento e fe­licidade  entre  toda  a sua humanidade, o que os milênios  decorri­dos estão  exigindo de todas as almas encarnadas. É preciso que todos os homens e mulheres se capacitem dos verdadeiros objetivos de suas  vindas à Terra, e passem a dirigir-se diariamente a  Divindade com a finalidade  de  poderem alcançá-los. Vivam  suas  vidas no corpo que lhes cumpre alimentar  e vestir,  mas  se convençam  de que  o  possuem  exclusivamente para trabalhar e se locomoverem  no solo terreno, enquanto a vida do mesmo lhe permitir. Firmem, porém, em suas mentes que a permissão re­cebida das  Forças  Superiores para reencarnarem uma vez mais, teve por objetivo fundamental a aquisição de novas luzes espiri­tuais. Se na Terra se encontram, homens e mulheres, entreteni­mentos que despertaram o seu interesse, lembrem-se de que tu­do isso é da Terra e nela ficará após a sua separação do corpo.

Talvez muitos leitores desta Mensagem já se encontrem firmemente convictos de quanto o Senhor lhes diz nas palavras que aí ficam, e não precisam mais de as ouvir. Considerem, po­rém, esses caros leitores, que muitos outros não estejam no mesmo nível de entendimento, e por isso a repetição se afigura necessária para que bem entendam e assimilem a palavra do Se­nhor. Para esses leitores será de certa maneira altamente hon­roso poderem dizer algum dia que aprenderam diretamente do  Senhor Jesus aquilo que lograram assimilar destas Mensagens que o Senhor mandou escrever na Terra. O Senhor Jesus por Sua vez se regozijará ao conhecer tal declaração desses caros leito­res, e então bendirá a  Sua atual vinda ao solo terreno.

Caros leitores: o  Senhor  Jesus alimenta uma  firme  espe­rança de que estas Suas palavras, palavras feitas de luzes e bên­çãos dirigidas a todas as almas encarnadas neste fim de século, sejam suficientes para corrigir desvios se os houver  em  algu­mas  almas encarnadas, e abrir seu entendimento e compreensão da verdadeira finalidade da vossa estada mais uma vez no solo terreno: adquirir  novas e mais poderosas luzes para o vosso dia­dema.

 

Chamando, na meditação, o Senhor Jesus orientará no que desejar “Minha missão divina não tem termo”.

“... na Terra ou no Espaço, onde quer que chameis”.

A repetição de certos assuntos se afigura necessária para que bem entendam e assimilem a palavra do Salvador.

Só o fator ignorância poderá levar as nações a conflitarem por questões materiais.

Só a ignorância conduz à guerra.

Crê já ter adquirido novas e mais poderosas luzes?

Reconhecer os poderes do Espírito é libertar-se o homem.

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus. Agradecemos pela leitura e ficaremos muito felizes se o seu desejo for o de compartilhar a mensagem com seus amigos e familiares.

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Mais de Nova Ordem de Jesus - Mensagens do Livro

OS FATOS QUE SE ESTÃO VERIFICANDO OBEDECEM A UMA PREVISÃO DE MUITOS DECÊNIOS - 75ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 27-2-1971Rio de Janeiro - Brasil   OS FATOS QUE SE ESTÃO VERIFICANDO OBEDECEM A UMA PREVISÃO DE MUITOS DECÊNIOS - MUITAS DAS...
Leia a Mensagem

IDADE DO MUNDO TERRENO - 128ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 29-8-1971Rio de Janeiro - Brasil   IDADE DO MUNDO TERRENO - TRABALHO DAS GERAÇÕES PASSADAS - NECESSÁRIO RETOCAR A...
Leia a Mensagem

O SENHOR CONFIRMA O QUE DITADO FOI POR SEUS EMISSÁ­RIOS - 57ª Mensagem de Ensinamentos Espirituais

Ditada pelo Apóstolo ThoméEm 26-12-1970Rio de Janeiro - Brasil   O SENHOR CONFIRMA O QUE DITADO FOI POR SEUS EMISSÁ­RIOS - ALMAS DIGNAS DE PENA - A VIDA...
Leia a Mensagem

Esta mensagem é parte do livro Nova Ordem de Jesus, da Grande Cruzada do Esclarecimento. Conheça mais sobre o livro Nova Ordem de Jesus.

Compre Impresso
Download PDF

Seja um Apóstolo do Nosso Senhor Jesus e ajude divulgar as obras da Grande Cruzada de Esclarecimento.

Nova Ordem de Jesus

(51) 99739-9884   darcidickel@novaordemdejesus.com.br
Rua Ludwig Wagner, 84. Bairro São Paulo.
CEP 95780-000. Montenegro, RS . Brasil.

"A palavra que o Senhor Jesus está difundindo na Terra através destas mensagens, deve ser ouvida e meditada por quantos tiverem a ventura de conhecê-la em sua presente vida terrena." - Apóstolo Thomé